Assessoria para Equivalência de Diploma



A importância da Equivalência do Diploma!

Se você pretende ir estudar ou trabalhar em Portugal, fazendo uso do seu diploma do curso superior, saiba que fazer a EQUIVALÊNCIA DO DIPLOMA pode se tornar fundamental para concretizar seu objetivo.

Vale lembrar que para cada propósito há um processo diferente que precisa ser respeitado. Verifique qual é a sua real necessidade em relação ao diploma, pois essa é uma dúvida frequente quando se quer estudar ou trabalhar em Portugal. Tenha em mente que o reconhecimento, a equivalência e o registro acadêmico são uma coisa e o reconhecimento profissional é outra.

Se sua intenção é dar continuidade aos estudos em Portugal, cursando pós-graduação, mestrado ou doutorado, antes você terá que submeter seu diploma à Comissão Científica do curso escolhido, que ira avaliar se você reúne às condições exigidas para fazer o curso. Em sendo aprovado, isso não significa que você terá o RECONHECIMENTO ACADÊMICO, mas sim que você possui os requisitos exigidos para frequentar o curso a qual está se candidatando.

Se sua intenção é somente trabalhar, dependendo da carreira escolhida, não será necessário fazer a EQUIVALÊNCIA DO O DIPLOMA, basta somente requerer sua inscrição para o RECONHECIMENTO da qualificação profissional, no conselho responsável por sua categoria em Portugal. Como exemplo sito os cursos de enfermagem e fisioterapia.

Já determinadas carreiras, como medicina, exigem que seja realizada a EQUIVALÊNCIA DO DIPLOMA, através de provas e títulos, a ser realizada por uma Universidade Portuguesa, tendo em vista que a Ordem dos Médicos de Portugal exige tal condição para autorizar o registro profissional, imprescindível para o exercício da medicina no País.

Assim sendo, seja qual for o seu propósito, estudar ou trabalhar em Portugal, conte com nosso escritório para assessorá-lo.

Click na carreira desejada e saiba um pouco mais!

Prestamos assessoria jurídica e administrativa para revalidação do diploma médico, através da equivalência ao grau de mestre, conforme diretrizes Portuguesas. Trabalhamos da seguinte forma:
  • Procedemos o levantamento e a organização de toda a documentação necessária para inscrição.
  • Levamos os documentos para reconhecimento das assinaturas e posterior apostilamento no formato de Haia.
  • Encaminhamos todos os documentos para Portugal e protocolamos a inscrição na Universidade Portuguesa indicada pelo candidato.
  • Acompanhamos o processo até fase final, quando entregamos ao candidato o certificado expedido pela Universidade Portuguesa.

Também procedemos a inscrição junto à Ordem dos Médicos de Portugal, imprescindível para o exercício da medicina.

O tratado de Amizade, Cooperação e consulta celebrado entre Brasil e Portugal, estabelece que graduado em curso superior de enfermagem no Brasil pode requerer sua inscrição junto à Ordem dos Enfermeiros de Portugal e tornar-se habilitado para o efetivo exercício da profissão.

A documentação necessária para o requerimento poderá ser obtida junto aos nossos escritórios. Nesse caso não é necessário fazer a Equivalência do diploma.

Prestamos total apoio jurídico e administrativo para sua inscrição diretamente junto à Ordem dos Enfermeiros de Portugal.

A fisioterapia abre a possibilidade de duas situações distintas, você deverá ver qual é a melhor opção para o seu caso específico.

1) Se você pretende somente exercer a profissão de fisioterapeuta em Portugal, não será necessário ingressar com o processo de revalidação do diploma, basta requerer sua inscrição à ACSS, com os documentos exigidos, e assim que for deferida você receberá sua carteira profissional e poderá trabalhar.

2) Se você pretende dar continuidade nos estudos através de uma pós-graduação, mestrado ou doutorado em Portugal, será necessário solicitar a equivalência de diploma, a ser realizado em uma Universidade Portuguesa. Só com a referida equivalência você estará credenciado para se matricular em qualquer desses cursos.

O Concelho Federal de Engenharia e Agronomia - CNFEA (Brasil) e a Ordem do Engenheiros de Portugal firmaram Termo de Reciprocidade para permitir que engenheiros graduados no Brasil possam exercer a profissão em Portugal e vise versa.

Segundo o referido Termo o engenheiro Brasileiro deverá ter seu registro ativo e ser adimplente junto ao CONFEA/CREA. O profissional deverá apresentar sua candidatura para admissão na Ordem dos Engenheiros de Portugal, em formulário próprio, com os documentos exigidos.

Após receber o requerimento a OEP irá fazer uma avaliação do currículo do profissional. O engenheiro que comprovar cinco anos ou mais de experiência, pode ingressar na condição de membro efetivo e poderá trabalhar em Portugal. Caso a avaliação curricular não esteja de acordo com os parâmetros, poderá ser necessário que o engenheiro faça uma prova de conhecimentos, competências e aptidões.

Após o deferimento da inscrição o prazo médio para entrega da Carteira profissional pela Ordem dos Engenheiros de Portugal é de 30 dias.

A Ordem dos Advogados do Brasil e a Ordem dos Advogados de Portugal firmaram Termo de Reciprocidade para permitir que Advogados graduados no Brasil possam exercer a profissão em Portugal e vise versa.

Segundo o referido Termo de Reciprocidade o Advogado Brasileiro deverá ter seu registro ativo e ser adimplente junto à OAB...

O profissional deverá apresentar sua candidatura para admissão na Ordem dos Advogados de Portugal, em formulário próprio, com os documentos exigidos.

É exigido que um Advogado Português apresente um termo de aval para que o solicitante possa fazer o pedido de admissão.
Informações sobre outras carreiras através de consulta.

Prestamos Assessoria Jurídica e Administrativa para Inscrição Junto às Ordens Profissionais Portuguesas:
  • Inscrição na Ordem dos Médicos de, bem como para o pedido de Autonomia Médica.
  • Inscrição na Ordem dos Médicos Dentistas.
  • Inscrição na Ordem dos Advogados.
  • Inscrição na Ordem dos Enfermeiros.
  • Inscrição na Ordem dos Engenheiros.
  • Inscrição na Ordem dos Veterinários.
  • Inscrição na Ordem dos Arquitetos.
  • Inscrição na Ordem dos Economistas.
  • Inscrição na Ordem dos Psicólogos.
  • Inscrição na Ordem dos Nutricionistas.

Demais carreiras sob consulta.